- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

"mp3 disponíveis"

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.295 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.135.500 VISITAS /*/ 31.05 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

" fadopoesia@gmail.com "

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa >

Fado dos meus fados

José Manuel Mendes / Joaquim Campos *fado vitória*
Reperório de Carlos do Carmo

Sou trova da madrugada
Poema do sol disperso
Numa guitarra trinada;
E o jeito seguro e certo
Que foi raíz encontrada
Memória de mim tão perto

Bairro de luz e queixume
Trago tabernas no olhar / Na noite acendi o lume
E nos braços do luar
Vou de paixão em ciúme / Na crença de te encontrar

Nos fados de muita idade
Busco a luz do meu país / Sou homem desta cidade
Pelo que fiz e não fiz
Dou o sonho á liberdade / Quero um destino feliz

Falo de todos os fados
Sou raíz duma miragem / Não levo os anos contados
Canto-me e vou pela margem
Dos destinos já traçados / Numa saudade em viagem