- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.360 LETRAS <> 2.245.800 VISITAS <> AGOSTO DE 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Amar não é pecado

Repertório de Mariana Silva com letra atribuída a Moita Girão
Moita Girão, Linhares Barbosa ou Lopes Vitor? / Pedro Rodrigues

Numa gravação de Madalena Ferraz esta letra aparece atribuída a Linhares Barbosa

No livro *Poetas do fado Tradicional* de Daniel Gouveia e Francisco Mendes
esta letra com o título *Vidas sem amor* é atribuído a Lopes Vitor

Há quem recorde o passado
Com um desgosto profundo
De ter amado, porém;
Amar não é um pecado
Pecado é andar no mundo
Sem ter amor a ninguém

O coração que namora
Tem o perfume da flor / E o doce encanto do ninho

Ai do coração que chora
Por uma gota d'amor / E morre sem um carinho

Pedi a Deus que fizesse
Da minha cruz em pedaços /
E do meu viver, jardim
Deus ouviu a minha prece
Deu-me por cruz os teus braços / E e
ste amor que não tem fim

P'lo muito que tenho amado
Não estou arrependida / Meu amor, porque sei bem
Amar não é um pecado
Pecado é andar no mundo / Sem ter amor a ninguém