Loading ...

Clique e oiça!!!

Clique e oiça!!!
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5. 925 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Ninguém me vê

A.C.Firmino / Tiago Machado
Repertório de Marco Rodrigues

Onde estou, ninguém me vê
Passar por este mundo que é só meu
Sou narrador e a lua 
É a testemunha deste meu viver

São estas ruas que me viram nascer
Onde aprendi que ser do bairro, é ser Lisboa
E amanhã, eu sei, vou ser alguém
Porque a minha história não começou

A noite cai, ninguém me vê
Passar por este mundo que é só meu
Chorei por ti, que estranho amor
Teu beijo que me dói tanto no peito