- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.575 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Amor ausente

Tiago Torres da Silva / Pedro Rodrigues
Repertório de João Braga 

Amar um amor ausente
Como se a dor fosse gente
Num coração que fingiu
Bater, como se parasse
Porque se viu face a face
Com tudo o que já sentiu

O tempo passa depressa
Mas quando um amor começa / Baixinho, dentro de mim
Torna-se dor num segundo
Se nem mesmo o fim do mundo / Pode vir a dar-lhe um fim

A paixão que chega tarde
Labareda que só arde / Quando a chama da saudade
Lembra o fogo do inferno
Porque ao saber que é eterno / Recusa a eternidade

Se me bate o coração
É como se a solidão / Batesse à porta de entrada
Não abro, não vou abrir
A alma está a fingir / Que ao amar não sente nada