<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

A alma do ganhão

Rosa Lobato Faria / Rão Kyao
Repertório de Manuel de Almeida

Ó terra morena deitada ao sol
Quero ser a alma do ganhão
Cheia de horizonte, cãntico de fonte
Catedral de trigo, azeite e pão

Ó terra morena deitada ao sol

Quero ser a alma da cegonha
Que sobe no vento e ouve o lamento
Do homem que ao sul, trabalha e sonha

Alentejo das casas de cal / Alentejo do sobo e do sal
Alentejo poejo, alecrim / Alentejo das terras sem fim

Ó terra morena deitada ao sol

Quero ser a alma do sobreiro
Estática, selvagem, d
ona da paisagem
Afrontadando o tempo a corpo inteiro