- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

"mp3 disponíveis"

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.295 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.135.500 VISITAS /*/ 31.05 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

" fadopoesia@gmail.com "

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa >

Eu gosto dum marinheiro

Frederico Valério / José Galhardo
Repertório de Helena Tavares

Trago o mar dentro do peito / E ando com ele a sonhar
Até que o sonho é desfeito / Na branca espuma do mar

Ó mar tu és um momento / Que outro a seguir já desfez
Verde, azul, branco e cinzento / Vais e vens com as marés

Eu gosto dum marinheiro
E vejo o mar sem ter fim
E a minha cruz é um cruzeiro
Em que ele embarca sem mim;
Na outra volta sustenta
Que um dia me há-de levar
Cruzeiro em mar de água benta
Cruzeiro em cima do altar

Fiz uma santa promessa / Fui um milagre implorar
Para que voltes depressa / E não me esqueças no mar

Por cada vela da Sagres / Hei-de uma vela acender
À Senhora dos Milagres / Que o milagre vai fazer


Letra extraída do blogue: http://fadosrecordandoopassado.blogspot.com