-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.260 LETRAS <> 3.120.500 VISITAS * MARÇO 2024 *

. . .

Quadras com vida

Manuel Delindro / José Marques do Amaral
Repertório de Manuel Delindro

Sei que já posso partir
Porque ganhei o meu céu
Tenho um fado p’ra sorrir
Dois netos que Deus me deu

Duas telas me ofereceram 
P’ra me entreter na velhice
Vou pintar nelas a vida 
Que rime com a meiguice

Dois miminhos que floriram 
No recanto do jardim
Afago-os todos os dias 
Queria colhê-los p’ra mim;
Afago-os todos os dias
Como quem colhe o jasmim

Duas estrelas cintilam 
Como faróis a chamar
Aqueles que se perdiam 
E ao cais querem voltar

Tenho um fado p’ra sorrir 
Dois netos que Deus me deu
Sei que já posso partir 
Porque ganhei o meu céu