- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quadras de A6 e de A2

Duarte / Alvaro Duarte simões
Repertório de Duarte

Não mereço esta cidade
Nem as coisas que ganhei
Se em parte digo a verdade
Outras partes ocultei

A tua mão foi rasgando / Meu cabelo em desalinho
É tão mais fácil dormir / Quando não estamos sozinhos

Já não temos dias novos / Nem novas formas de estar
O teu olhar que era eterno / Agora é mais um olhar

Eu fui deixando a cidade / E fui ficando mais leve
Quando nos falta a coragem / Somos um barco sem leme

Retiro o que perguntei / Bem como a raiva que tinha
Depois de tudo o que dei / Dei muito mais do que tinha

Depois de tudo o que dei / Dei muito mais do que tinha
Voltava a dar-te o que dei / Se a raiva não fosse minha