- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Há festa na Mouraria *Amália*

Gabriel de Oliveira / Alfredo Duarte *marcha do marceneiro*
Repertório de Amália

Há festa na Mouraria
É dia da procissão
Da Senhora da Saúde;
Até a Rosa Maria
Da Rua do Capelão
Parece que tem virtude

Naquele bairro fadista / Calaram-se as guitarradas
Não se toca nesse dia
Velha tradição bairrista / Vibram no ar badaladas
Há festa na Mouraria

Colchas ricas nas janelas

Pétalas soltas no chão / Almas crentes, povo rude
Anda a fé pelas vielas

É dia da procissão / Da Senhora da Saúde

Após um curto rumor / Profundo silêncio pesa

Por sobre o Largo da Guia
Passa a Virgem no andor / Tudo se ajoelha e reza

Até a Rosa Maria

Como que petrificada /
Em fervorosa oração
É tal a sua atitude
Que o Rosa já desfolhada /
Da Rua do Capelão
Parece que tem virtude