- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Queimei tudo

Vasco Lima Couto / António Chainho
Repertório de Manuel de Almeida

Queimei tudo, queimei tudo
Dentro e fora desta chama
O teu nome em minha rua
O teu corpo em minha cama

Queimei o primeiro encanto / Que de noite viajou
Entre as mãos das flores altas / Que o silêncio incendiou

Queimei o dia seguinte / Que ansiava repetido
E a fome de ter palavras / Que ainda não tinha vivido

Queimei a alegria pura / Que trouxe do desencanto
Filho do mar e do vento / Onda rasgada no pranto

E ali, quando o outro dia / Me encontrou sozinho e mudo
Fiz um poema de nada / 
E sem alma queimei tudo