- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu fado dor

Manuel Carvalho / Casimiro Ramos *fado três bairros*
Repertório de Lídia Maria 

Tenho sofrido é verdade
A dor que tem a saudade
Quando o amor é ausente
É sempre assim que acontece
Quando a gente não s’esquece
De quem se esquece da gente
             
Por Deus nunca foi preciso
Ter que vender meu sorriso / Na vida seja a quem for
Mas confesso estou cansada
De chorar na madrugada / Meus fados feitos de dor

Não se ralem se eu disser
Que na vida uma mulher / Tem a sina mais marcada
Ao homem tudo s’esquece
A mulher peca e padece / E não mais é perdoada

Escondo a minha tristeza
No fado como quem reza / Vou cantando o meu penar
Quem canta seu mal espanta
Mas sinto um nó na garganta / É minha alma a chorar