- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Remar contra a maré

António Rocha / Renato Varela *fado varela*
Repertório de António Rocha

Remar contra a maré não vale a pena
Pedir o que se não sente é errado
Lutar para quê, a vida é tão pequena
E cada um de nós tem o seu fado

Eu já vivi bem mais do que viveste
E amei quantos amores o amor me deu
Até aquele dia em que apareceste
E o meu espelho não me reconheceu

Quase morri de espanto ao constatar
Que estando em frente a mim não me encontrei
Eu que tenho vivido para amar
Cheguei à conclusão que nunca amei

Agora que o outono è já visível
È que a vida me prega esta partida
De me perder d’amor p’lo impossível
Como impossível è sem ti, a vida