- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Nasce fado

António Tavares Teles / Tozé Brito
Repertório de Rodrigo

Nasce fado numa esquina / Se lá me encontro contigo
Nasce fado numa porta / Se lá te vejo ao postigo
Nasce fado na viela / Onde moramos os dois
Se lá te vejo à janela / Mesmo que a feches depois

Nasce fado lá no bairro / Nas ruas por onde passas
Nasce fado até no Tejo / Quando passas e eu te vejo
Nasce fado em Lisboa / Quando cantas mesmo à toa
Nasce fado mesmo em mim / Quando tu olhas p’ra mim

Nasce fado onde tu passas
Nasce fado, nasce fado
Nasce fado onde te vejo
Nasce fado, nasce fado
Quando olhas para mim
Nasce fado, nasce fado
Nasce o fado e o desejo
Nasce fado, nasce fado

Nasce o fado nasce a esquina / Nasce a porta e a janela
Nasce a rua e o postigo / Nasce o bairro e a viela
Nasce o fado em Lisboa / Nasce o fado até no Tejo
Nasce o fado quando passas / Quando passas e eu te vejo