As 5.156 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Teclado

Fernando Pinto do Amaral / António Vitorino de Almeida
Repertório de Carlos do Carmo

Flocos talvez de neve ou só de lava
Brilham à superfície do piano
Flutuando sem fim num oceano
Cuja maré renasce em cada oitava

Compassos com que Mozart nos seduz
E nos leva de súbito à procura
De um resto de razão na mais escura
Noite de inverno transformada
em luz

Até
que pouco a pouco nessa onda
Talvez a voz da água nos responda
Confessando um segredo ao nosso ouvido

E todas as prisões, todos os medos
Se dissolvem na polpa desses dedos
Ao sabermos que nada está perdido