- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.535 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fogo imenso

Artur Lobo / Amadeu Ramim *fado zeca*
Repertório de Artur Lobo

O fogo, intenso fogo que me aflora
De chamas crepitantes, colossais
É a prova de te ver a toda a hora
E a realidade de te não ver mais

A ânsia desmedida paira em mim
Fazendo ver-te aqui e em qualquer lado
Pois vou ficando louco e quando assim
Por louco ser por ti, canto este fado

Maldita seja a chama que ‘inda arde
Maldito fogo que ‘inda me devora
Quero ver se esqueço  logo à tarde
Sabendo estares comigo a toda a hora