As 5.156 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Pois deixa estar

Letra e musica de Jorge Fernando
Repertório de Marco Rodrigues

Pois deixa estar
Mudam-se os ventos, isso dá que pensar
A conta é grande se tu deres só por dar
Faz uma pausa enquando podes parar
Pois deixa estar
Passar ao lado é o mesmo que não passar
Fazer desenhos de castelos no ar
É tão inútil como quereres lá morar

Dói a alma ao querer crescer
Romper só por romper
É um talvez arriscar;
Há prenúncios que nos dão
A pedra, a queda, o chão
O aviso a dar sinal;
Mas, há sempre um *mas* na gente
Estar cego ao que se sente
É um mal que acaba mal

Pois deixa estar
Mudam-se os ventos, isso dá que pensar
A conta é grande se tu deres só por dar
Faz uma pausa enquando podes parar

Dá-se o tempo como entrega
Intenso e não se nega
Senão em querer voltar;
Há prenúncios que nos dão
A pedra, a queda, o chão
O aviso a dar sinal;
Mas, há sempre um *mas* na gente
Estar cego ao que se sente
É um mal que acaba mal

Pois deixa estar
Passar ao lado é o mesmo que não passar
Fazer desenhos de castelos no ar
É tão inútil como quereres lá morar
Passar ao lado é o mesmo que não passar
Mudam-se os ventos, isso dá que pensar
Pois deixa estar