- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Não me tirem a noite

Fernando Campos de Castro / Maria da Luz Castro e Silva
Repertório de Rosita

Não me tirem a noite companheira         
Silenciosa amiga de segredos
Não me roubem a noite derradeira
Que trago entrelaçada nos meus dedos
       
Deixem que no cabelo ponha estrelas
E nos olhos deixem por a lua
Deixem que beba a noite nas vielas
E me perca no fado em qualquer rua

Não me tirem a noite mãe querida
Do fado vagabundo e meu irmão
Não me neguem a noite que dá vida
Aos sonhos que inventei no coração

Deixem a noite feita de loucura
Pulsar nas negras veias dos meus braços
Deixem vir a noite com ternura
Repor novas estrelas nos meus passos

Não me roubem o fado esta alegria
De ver sempre um sorriso na tristeza
Não me roubem o fado e a magia
Da voz duma guitarra portuguesa