- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Virtudes fadistas

Almeida Barreto / José Duarte *fado seixal*
Repertório de José Freire 

Pra ser amante do fado
Muita virtude é precisa
Ter presente e ter passado
Não amar e ser amado
Ao domingo ir à corrida

Ser bom apreciador / Do batidinho a dobrar
Cantar fado por amor / Cem por cento amador
Sem ninguém querer imitar

Beber tinto carrascão / Sem o bom humor perder
Ser nobre de coração / Usar de reputação
E ter ciúme a valer

Nunca ter sido cobarde / Seja lá quem o enfrentou
E nunca fazer alarde / Mesmo que seja verdade
Da mulher com quem andou

Se te agradar, sendo assim Põe teu xaile e vem cantar
E se cantares só pra mim / Ficarás no meu jardim
Das flores, a titular