Rádio em manutenção neste bloge. Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

A hora é de perigo

Azinhal Abelho / Francisco Viana *fado vianinha*

Cai a chuva no telhado
Passa o vento no postigo
Que importa que o mundo acabe
Se eu ando de amores contigo

Haja fome peste ou guerra / A hora agora é de perigo
Que importa que o mundo acabe / Se eu ando de amores contigo

Já baixou o céu á terra / Pragas rogo, trovas digo
Que importa que o mundo acabe / Se eu ando de amores contigo

Uma pedra dura, dura / É dura p’ra teu castigo
Que importa que o mundo acabe / Se eu ando de amores contigo