<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

Dei-te um nome em minha cama

Vasco de Lima Couto / José António Sabrosa
Repertório de Beatriz da Conceição

Dei-te um nome em minha cama /
Aberta no meu outono
Depois amei-te em silêncio
/ Que é uma forma de abandono
Dei-te um nome em minha cama
Rasgada em lençóis de sono

Tentei ser tudo o que era / Nas horas da mão parada
Corpo e campo aberto ao vento / Que encaminha a madrugada
Tentei ser a primavera

E cantei meu triste nada

Vi-te ao canto da memória
/ Por te viver e sonhar
Amor d'amor sem glória
/ Como um rio ao começar
Que te vai contando a história

Onde eu não posso morar

Dei-te um nome em minha cama / Aberta no meu outono
Depois, amei-te em silêncio / Que é uma forma de abandono
Dei-te um nome em minha cama

Rasgada em lençóis de sono