<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Mãe há só uma

Fernando Farinha / Alfredo Duarte *fado bailado*
Repertório de Fernando Farinha

Declamado
Chorei tanto, tanto, tanto 
Quando perdi minha mãe
Que até meus olhos ficaram
Sem uma gota de pranto
P’ra chorar por mais alguém

Dos desgostos que há na vida / O que mais nos faz sofrer
É sentirmos a partida 
Daquela mulher tão querida / Que um dia nos deu o ser

É triste perder um pai / Como eu perdi o meu
Mas perder a nossa mãe
É perdermos um pedaço / Da vida que ela nos deu

Oh minha mãe, minha mãe / Musa da minha canção
Que Deus te guarde no céu
Como eu te guardarei / Sempre no meu coração