- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.635 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

No despertar da saudade

Mário Rainho / Pedro Rodrigues
Repertório de Paulo Filipe
                                                                                             
Meu amor disse que vinha
Nas asas duma andorinha
Eu esperei a primavera
Mas o meu amor se veio
Eu não o encontrei no meio
De róseas flores, folhas d’era

Meu amor perdeu viagem / Demorou-se na paisagem
Não chegou ao meu jardim
Da primavera ao outono / Esperei noites, sem ter sono
Até ao inverno de mim

Meu amor hei-de ficar / Até a alma sangrar
E se amainar esta dor
No meu peito, tatuado / Com os versos, do meu fado
Que te cantam, meu amor

Mas meu amor vai voltar / Tenho tempo pra o esperar
No banco da minha idade
Quando a sua solidão / Desibernar a paixão
E despertar a saudade