- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Tudo isto é fado 2

Fernando Carvalho / Aníbal Nazaré
Versão de Fernanda Batista

Perguntaste-me outro dia / Se eu sabia o que era o fado
Eu disse que não sabia / Tu ficaste admirado

Sem saber o que dizia / Eu menti naquela hora
Disse-te que não sabia / Mas vou-te dizer agora

Almas vencidas, noites perdidas
Sombras bizarras
Na Mouraria, canta um rufia
Choram guitarras
Amor ciúme, cinzas e lume
Dor e pecado
Tudo isto existe, tudo isto é triste
Tudo isto é fado

Se queres ser o meu senhor / E ter-me sempre a teu lado
Não me fales só de amor / Fala-me também de fado

A canção que é meu castigo / Existe pra me prender
O fado é tudo o que eu digo / E o que eu nem sei dizer