- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.535 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Regresso

Mário Raínho / João Maria dos Anjos
Repertório de Artur Lobo

Depois de tanta distãncia
Regressei à minha infãncia
Ao meu berço de menino
Trouxe o fado que cantei
Nos lugares aonde andei
A cantar, qual peregrino

Ao Porto do meu regresso
Rimo um verso e outro verso / Na alegria de chegar
A minha voz embargada
Pla comoção da chegada / Vai cantando a soluçar

Por isso, minha cidade
Meu granito de saudade / De pontes beijando o céu
Agora que regressei
Plo fado que te cantei / Jamais te direi adeus