- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Tributo a Tio Alfredo

João Ferreira Rosa / Alfredo Duarte *fado bailarico*
Repertório de João Braga 

Tio Alfredo Marceneiro
Rei do fado por condão
Não conhece o Limoeiro
Teve sempre profissão

Senhor de Santa Isabel / Menino de cada rua
Nas cegadas, voz de mel / Prateada pela lua

És o fado que cantais / No sentir do coração
Lisboa dos arraiais / Do São Luís é que não

Sem tua voz, menos fado / Nas guitarras a trinar
Nem a Marcha nem o Cravo / Eu teria de cantar