<> Canal de rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça Fados

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Ventura maior

António Rocha / Fernando Silva *alexandrino do Vinicius
Repertório de António Vasco Moraes

Não há maior ventura na vida que é tão breve
Do que amar loucamente e ser amado assim
Se dois seres se completam torna-se o viver leve
Vivendo a felicidade que jamais terá fim

Quem vive sem amor verdadeiro e sincero
Na verdade vegeta numa falsa ilusão
Só tem no seu caminho apenas desespero
Tristeza, desalento, e engana o coração

Só quem ama renasce de novo cada dia
Como se a vida fosse um sol radioso e quente
Trazendo paz ao mundo num passo de magia
E cantos de alegria na voz de toda a gente

Por isso é que hoje choro o amor que perdi
Naquele triste dia em que te foste embora
E vivo recordando os dias que vivi 
Abraçando a saudade que me conforta agora