<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
As 5.800 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O tempo

Letra e música de Diogo Piçarra
Repertório de Marco Rodrigues 

O tempo não espera pla gente 
Mas eu espero por ti
O tempo quer ser indiferente
Só eu te quero aqui

Por mais que eu te diga
Mesmo que eu consiga
O tempo não espera por mim
O tempo não espera pla gente 
Se não fugirmos daqui
Sei que não vai ser diferente
Só por dizer que sim

Querer-te despida, na pele de rendida
No meu tempo, não era assim
Mas por mais que a vida, não cure as feridas
O tempo irá curar por si

Não sou de ferro
Nem tenho armas
Apenas a música pra ti
Porque eu também choro
Quando me desarmas
E agora canto o que perdi;
Porque houve um tempo
Em que eu te tinha só para mim

Querer-te despida, na pele de rendida
No meu tempo, não era assim
Mas por mais que a vida, não cure as feridas
O tempo irá curar por si

Só espero que o tempo 
Te traga até mim