- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lisboa, canta-me um fado

David Gonçalves / Alfredo Duarte *fado cravo*
Repertório de Maja Milinkovic

Lisboa, canta-me um fado
E vagueia p’las esquinas      
Nas noites de solidão
Faz-me viver o passado
Amanhecer com as varinas
Na ternura dum pregão

És velhinha mas bairrista
Nos teus bairros há saudade
Minha trova predileta
És mãe de qualquer fadista
Nostalgia que invade
O coração do poeta

E por isso eu não te esqueço
Lá p’las sombras da Moirama          
No meu viver magoado
Quem sabe se não te peço
Quando passares por Alfama
Lisboa, canta-me um fado