- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado e toiros

Manuel de Almeida / Popular *fado mouraria*
Repertório de Manuel de Almeida 

Quanta beleza emotiva
Há numa espera de gado
Tipóias em roda viva
Fadistas cantando o fado

Retintos e bem armados / Das manadas do Paulino
Domingo serão lidados / Dois toiros de sangue fino

Tudo é fogo, tudo brilha / Na praça tudo se solta
E até brilha a bandarilha / Colocada à meia volta

Já aprendi a maneira / De cravar com arte e brilho
Um ferro, ali à estribeira / Mesmo na cruz do novilho

Se anda algum toiro fugido / Pode vir quando quiser
Custa-me mais ser colhido / P’los olhos duma mulher