- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Porto à noite

José Guimarães / Rezende Dias
Repertório de Natércia Maria 

Quando anoitece, o Porto tal graça encerra
Que mais parece o céu a morar na terra
E sendo assim, a noite é suavidade
Tem graça sem fim, olhar a cidade

Meu Porto tão risonho
A tua luz
É tal e qual o sonho 
Que seduz
É jóia a cintilar 
Em canto infindo
Que até nos faz sonhar 
Um sonho lindo

Pelas janelas, as luzes que dão encanto
São quais estrelas forrando o vistoso manto
E à luz do luar, o Porto, meu bem-amado
Parece um altar todo iluminado