- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Maria do mar

José Guimarães / Alvaro Martins
Repertório de Fernando Gomes

À beira do mar nasceu essa Maria do mar
Tinha um amor muito que era a luz do seu olhar

Unia-os tanta ventura, mas o destino, depois
Acabou essa ternura e pôs o mar entre os dois

Um lenço acenando / Num dia sombrio
Dois olhos chorando / Uns lábios rezando
E um barco partiu;
Partiu e deixou / Su’alma perdida
O mar o levou / E ela ficou
Sozinha na vida

Olhos no céu em promessa, perdida na sua dor
P’ra que o mar traga depressa, para si, o seu amor

E esse mar que ela adora, dessa paixão sabe bem
Pois quando a Maria chora, parece chorar também

Maria do Mar / No mar confiava
E pode voltar / De novo a beijar
Quem tanto adorava
Depois, certo dia / Foram a casar
Levando a Maria / Um véu que parecia
Espuma do mar