- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Rua da nossa saudade

José Fernandes Castro / Sérgio Dâmaso *fado Sérgio*
Repertório de Cristina Batista 

A rua da saudade ainda tem
O cheiro que o poeta nos deixou
A rua da saudade tem também
Histórias que o poeta sublimou

A rua da saudade, embora triste
Não põe essa tristeza na janela
A marca do poeta ainda existe
A passear no céu como uma estrela

A rua da saudade é toda povo
E o povo que lá passa tem memória
Foi lá que o sonho teve fato novo
Foi lá que o fado teve nova glória

A rua da saudade, além do mais
Que tem... como qualquer rua da gente
Tem brisas e tem sonhos matinais
Tem versos p’ra cantar eternamente