- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Seja meu fado o que for

Carlos Baleia / Daniel Gouveia *fado mesclado*
Repertório de Daniel Gouveia

Tenho meu fado de cor
Em tudo o que veio de ti
Tu foste o fado maior
Dos amores que eu vivi
Não digam que ele é Menor
Pois por ele me perdi

Eu estou preso nesse dia
Em que o meu sonho ruiu / E chorei numa agonia
Que o fado nunca sentiu
Não digam que é Mouraria / Este meu fado vazio

Desde então tenho vivido
Se a isto viver se chama / Nas saudades sem sentido
Que vêm da tua cama
Não digam que é Corrido / Fado triste de quem ama

Seja meu fado o que for
Veio de ti e em mim ficou / Fado que tenho de cor
E que minha voz calou
Para não cantar a dor / E a saudade que deixou