- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.530 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Envelhecer em Lisboa

Carlos Baleia / Daniel Gouveia
Repertório de Linda Leonardo 

Sinto a cidade em passos que vou cumprindo
No avançar da idade, em sonhos que vão caindo
E a saudade colada nos meus cansaços
Segue o rumo dos meus passos  a falar da mocidade

No empedrado vou lendo histórias antigas
Livro magoado, que inspira suas cantigas
Ouvem-se os sinos das igrejas do Chiado
E os meus passos peregrinos são ecos do meu enfado

Sinos de fado, estranha oração de Lisboa
Um som salgado na cidade de Pessoa
Poema ouvido, soluço que dobra a esquina
E é repetido de colina p'ra colina

Peso nos ombros, água nos olhos saudosos
Dos meus escombros relembro tempos viçosos
Ao caminhar nesta viela escondida
Sem partir e sem chegar, cumpro meus passos na vida