- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quadras ao vento

Manuel de Almeida / Popular *fado das horas*
Repertório de Manuel de Almeida

Chego a andar o dia inteiro
Atrás de ti para te ver
Se acaso o tempo é dinheiro
Serei pobre até morrer

Esta profunda tristeza / Que sinto quando te vais
Não é amor concerteza / Concerteza é muito mais

Gosto de ti com firmeza / Embora pouco te veja
Há tanta gente que reza / E pouco vai à igreja

Tu não me chames senhor / Eu não sou tão velho assim
Ao pé de ti meu amor / Não sou senhor nem de mim