<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Nos dias de hoje

Letra e musica de Tózé Brito
Repertório de Ricardo Ribeiro 

Nos dias de hoje ninguém sabe a quantas anda
Manda quem pode, pode quam manda
Nos dias de hoje não sentimos confiança
Salva-se a musica e siga a dança

Nos dias de hoje ninguém sabe o que o espera
Se é inverno ou primavera, indiferença ou compaixão
Nos dias de hoje a justiça não impera
A igualdade desespera, é confusa a confusão

Salva-se o amor
Salva-se a esperança
Salvam-se os olhos duma criança
Salva-se a honra
Salva-se a paz
Salvam-se os beijos que tu me dás

Nos dias de hoje ninguém sabe o amanhã
E fazer planos é coisa vã
Nos dias de hoje já não há motivação
P’ra dar às balas o coração

Nos dias de hoje ninguém sabe o que o espera
Se é um sonho ou uma quimera ter saudades do futuro
Nos dias de hoje ninguém põe as mãos no fogo
Por um amanhã mais novo, por um amanhã mais puro