- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Trago guitarras no sangue

José Francisco Lopes Victor / António Chainho
Repertório de Manuel de Almeida

Trago guitarras no sangue
E fado no coração
Venho do fundo do mundo
Meu corpo é feito da chão

Meu corpo è feito de seiva / Que ao teu corpo deu alento
Trago dentro a madrugada / Cantada na voz do vento

Trago o mundo p'ra te dar / Numa prece de guarida
No rosário do esquecimento / Eu rezo as contas da vida

Trago dentro o universo / P'ra ti amor, que perdi
Morro no resto que resta / 
E vivo à espera de ti