- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Trago-te um copo de vinho

Carlos Barrela / António Mourão
Repertório de António Mourão

Trago-te um copo de vinho
Para beberes no caminho
Onde te leva a saudade
Dentro da noite vazia
Quando em madrugada fria
Não encontrres claridade

Deves saber que em viagem
Vais
precisar de coragem / P'ra matares a solidão
Conheço de cor a estrada
Já fiz essa caminhada / Sou teu irmão, meu irmão

Queres esquecer a amargura
Queres destruir a ternura / Queres o passado rasgar
Mas è tão longo o caminho
Trago-te um copo de vinho / 
Só p'ra te não ver chorar