- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Levo o fado a Timor

Silveste José / Armindo Fernandes
Repertório de José Guerreiro

Alimento a esperança
De um dia ir viajar
Ao outro lado do mar
Feliz como uma criança

E num barco cheio de amor / Vou entregar livremente
Aquele abraço diferente / A todo o povo de Timor

E quando o barco encostar / Vai estar gente a entoar
Tendo na mão uma flor / Tudo gente de Timor
O hino que se vai escutar / E toda a Dili vai cantar
Escrito com muita humildade / È o “Timor da Liberdade

Quero dar um contributo / É nisso que mais aposto
E anuncio com todo o gosto / Sorriso largo e enxuto

À noite contem comigo / Vou cantar emocionado
Na bagagem trago o fado / Canção pra qualquer amigo

E quando a luz se apagar / Vai estar gente a escutar
Tendo na mão uma flor / Tudo gente de Timor
É fado que vou cantar / E a Dili vou dedicar
Desejar felicidade / Timor em liberdade