- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Esta gente

Sophia de Melo Breyner / Lima Brumond
Repertório de Teresa Tarouca 

Esta gente cujo rosto
Às vezes luminoso e outras vezes tosco
Ora me lembra escravos, ora me lembra reis

Faz renascer meu gosto
De luta e de combate
Contra o abutre e a cobra
O porco e o milhafre

Pois a gente que tem
O rosto desenhado por paciência e fome
È a gente em quem
Um país ocupado escreve o seu nome

E em frente desta gente
Ignorada e pisada como a pedra do chão
E mais do que a pedra, humilhada e calcada

Meu canto se renova
Meu canto se renova e recomeço a busca
De um país liberto
De uma vida limpa e de um tempo justo