- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Postais da Ria

Silveste José / Franklim Godinho *fado franklim*
Repertório de José Guerreiro

Que linda que está a Ria
Postal tão belo de Aveiro
Resplandecente de prata
Superfície rica e fria
Sulcada por moliceiro
Ao som desta serenata

Desde Mira até Ovar
Dá sustento a muita gente / Mesmo em dias aziagos
Nas Gafanhas a passar
Com seu caudal imponente / Seja em Ílhavo ou em Vagos

Aveiro fica no centro
Dum percurso que se inveja / Escrito em verso ou em prosa
Fora do mar, terra dentro
È muito ria em Estarreja / Inda mais ria em Murtosa

Maravilhas ribeirinhas
Ao longo do seu trajecto / Atraem muitos turistas
Costa Nova das risquinhas
São Jacinto è arquitecto / O Arainho dá nas vistas

Muito sal de Portugal
È gerado com clareza / P’la Ria e p’lo Salineiro
Paisagem tão natural
Que compara com Veneza / Esta cidade de Aveiro