<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Gabriela da tristeza

Letra e musica de Armando Estrela
Repertório de Maria Armanda

Gabriela da tristeza
D'esquina em esquina de rua
Anda a brincar com a lua
E è mais pobre que a pobreza

Seu brinquedo de criança / Foi andar a pedir esmola
Encher de pão a sacola / Esvaziá-la d'esperança

Um rosto de malmequer / Duas rosas nos seus seios
E os falsos deveneios / Que ela vende a quem quiser

È indiferente a quem queira / O seu bem ou o seu mal
Do seu mundo de rameira / Fez um mundo todo igual

E até se sente princesa / Em certas noites de farra
Quando há fartura na mesa / E a encanta uma guitarra

Porém, chega a madrugada / E a sua vida suspeita
Vai escondê-la em qualquer escada / Pois o nundo não a aceita

E no seu jeito furtivo / Espreita as crianças da escola
Relembra a sua sacola / E a sina que anda consigo

Gabriela da tristeza / Sua vida è uma viela
E pede a Deus quando reza / Que ninguém inveje a dela