As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Vem daí Lisboa

S.Albuquerque / Tristão da Silva
Repertório de Tristão da Silva 

Ó Lisboa minha amiga / Sai de casa e vem prá rua
Vem ouvir esta cantiga / Nesta marcha que è só tua

Hoje não vais ao mercado / Mostra o teu ar inocente
Pôe o avental bordado / Deixa o postigo encostado
E vem na marcha co'a gente

Aqui vai a Madragoa
Com o seu ar de rainha
È o bairro com mais proa
Desta Lisboa alfacinha
Reparem bem no Castelo
Não tem outro bairro igual
Castelo padrão singelo
Do meu país nobre e belo
Que se chama Portugal

O Bairro Alto já disse / Que esta marcha è toda sua
E que seria tolice / Não vir na marcha da rua

Deu sinal a São Vicente / Piscou o olho p’ra Alfama
Que ficou toda contente / De vir na marcha co’a gente
Pois não vai ficar na cama