- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O fado que eu gostava

Manuel Carvalho / Alfredo Duarte *fado cuf*
Repertório de Aida Arménia

Gostava tanto um dia de cantar
Um fado que toda a gente sentisse
E tivesse o dão de poder dar
Felicidade àquele que o ouvisse

Com palavras feitas de verdade
E tivesse o amor só como tema
Onde fosse bom sentir saudade
E a vida fosse p’ra sempre um poema

Versos eram verdes cor da esp’rança
Desse verde azulado que o mar tem
Juntava-lhe um sorriso de criança
Afagos e ternuras de uma mãe

Meus versos, numa estrela pendurava
Para que toda a gente fosse capaz
De ler o fado que eu mais gostava
Num hino de amor feito de paz