- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Namoro pequeno burguês

Letra e musica de Vitorino
Repertório de Tony de Matos

Mentira, que já te não quero
Mentira, se digo que esqueço
Mentira na minha indiferença se passo por ti
Inquieto às horas do dia
Na espera da noite que chega
E a noite não traz o pulsar do teu caminhar

Ficaram esquecidas na mesa dum café
As cartas que te escrevi
Ao sabor duma ginginha
Mas se acaso passo no beco dos teus afetos
Logo o meu coração bate
Na vã esperança de te ver

Maldigo essa janela sempre fechada
E que outrora foi moldura
Deste amor triste e modesto