- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu Porto meu fado

Manuel Carvalho / Rogério Bracinha *Lisboa não sejas francesa*
Repertório de Margarida Lima

Anda daí vem comigo / Ver esta cidade
Anda ver o Porto antigo / Velhinho sem ter idade

Anda p’lo teu pé / Ao bairro da Sé / E à praça da Ribeira
Vai ver o sol-por que é lindo / À tardinha na Cantareira
         
Meu Porto
Guerreiro em granito
Escondes o grito feito à liberdade
Meu Porto
Tripeiro de gema
Que guardas o lema da minha cidade
Meu Porto
Meu berço dourado
Meu rio meu fado que tudo me diz
Meu Porto
Foi bem que fizeste
No dia em que deste nome ao meu país

Vem daí mete-me o braço / E traz teu balão
Acerta por mim o passo / Na rusga de S. João

Vê quanta alegria / Anda neste dia / No meio do bailarico
Vai à noite às Fontainhas / E compra lá teu manjerico