- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu pai meu timoneiro

Manuel Carvalho / Nóbrega e Sousa *fado alenquer*
Repertório de Francisco Lisboa

Dos amores de todos nós / Amor de pai é talvez
O que menos canta a voz / Do coração português

Se o fado é oração / Canto nele este recado
Ó meu pai como era bom / Ainda te ter a meu lado
                  
Ó meu pai
Meu amigo verdadeiro
Meu amor meu timoneiro
Dos passos que eu ando a dar
Ó meu pai
Que saudades companheiro
Dessas noites de Janeiro
Com histórias p’ra contar
Ó meu pai
Sem ti a vida é mais dura
Há quem pense ser loucura
Eu ‘inda chorar por ti
Mas não meu pai
Sabes meu pai
São as saudades de ti

Os teus conselhos, meu pai / Guardei-os com devoção
Só a saudade não sai / Dentro do meu coração

Meu pai aí no além / Vela por meu amor
Eu cá na terra também / Rezo por ti ao senhor