- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mar d’amor

Manuel Carvalho / Alfredo Duarte *fado cuf*
Repertório de Albano Simões

Com saudades no peito e nos dedos
De afagar teu corpo de veludo
Fui ao pé do mar contar segredos
O mar e confidente o mar e tudo

Quis lavar meus olhos nessa água
Cansado do meu pranto do meu fado
Contei então as aguas minha magua
Querer-te meu amor foi meu pecado

Teu nome junta as ondas escrevi
Mas o mar o levou sem um lamento
Eu sofro por gostar tanto de ti
Que não t’esqueço amor um só momento

A areia dentro os dedos se sumiu
Na minha mão ficou apenas pó
Foi quando o Sol na praia reflectiu
A sombra deste alguém que vive só