<> Canal de rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça Fados

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Cada dia mais

Alexandra Solnado / Paulo de Carvalho
Repertório de Sara

Primeiro, foi quase nada
Deste-me um beijo e eu corei
Estava tão sossegada
Eu que sabia tudo, já não sei

Não quero amores de um verão
E nem paixões acidentais
O teu amor è o meu chão
Cada vez mais


Depois correste a cortina
Puseste um sonho a tocar no tom
Ainda sou tão menina
Contigo já sou mulher, è bom

Então veio o aconchego
Destes abraços que são só meus
Eu ando morta de medo
Que logo a seguir venha o adeus

Já vai alta a madrugada
Passou por aqui um vendaval
Ainda estou assustada
Não quero que tu me faças mal