- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.700 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

P’ra ver o fado nascer

Tiago Torres da Silva / José Duarte *fado seixal*
Repertório de Ana Sofia Varela

Os fados tradicionais
São pequenas melodias
Que podem parecer banais
Mas nunca serão das tais
Que nascem todos os dias

Têm tal simplicidade / E tamanha singeleza
Que nelas cabe a saudade
Elevada a divindade / Pela alma portuguesa

Vão de quadras a sextilhas / Com métrica regular
Preferem as redondilhas
Pôem em duas quintilhas / Todo o saber popular

Depois, è ver se os fadistas / São fadistas a valer
Porque então os guitarristas
Preferem não dar nas vistas / P’ra ver o fado nascer